Sorocaba - (15) 3225-3882

Notícias

Demolição sustentável agora é pré-requisito para certificação LEED

Demolição sustentável agora é pré-requisito para certificação LEED

Apesar de voluntária, a certificação internacional LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) continua ganhando cada vez mais reconhecimento internacional na construção civil. Cerca de 170 mil m² de edificações são certificados diariamente no mundo.

 

Sempre em linha com o objetivo principal de fomentar técnicas, metodologias e tecnologias para construção sustentável, periodicamente suas normas são atualizadas pelo U.S. Green Building Council (USGBC), ONG responsável pela gestão das normas e certificações LEED.

A mais recente versão é o LEED v4 que apresenta novidades para reduzir as emissões de CO² das edificações, durante e após sua construção e também em processos de demolição.

Na versão anterior das normas, um plano para a gestão de resíduos de demolição apenas contava pontos em um sistema de “score”, mas não era determinante para a obtenção da certificação. Agora, um planejamento prévio é pré-requisito. Este plano, por sua vez, deve especificar como o material será separado, manuseado e descartado, e um relatório deve demonstrar os resultados obtidos.

Além disso, dependendo do percentual de destinação de resíduos, pode-se agregar até dois pontos adicionais no “score” de performance. Para tanto, um mínimo de 75% dos resíduos precisam ser devidamente processados e abranger ao menos 4 tipos diferentes de materiais (por exemplo, concreto, vidro, ferro e madeira).

Para calcular o percentual de tratamento de resíduos a norma possui uma sutileza que demanda atenção na estruturação do planejamento: os cálculos podem ser feitos com base em volume ou peso. Sendo assim, o primeiro ponto a ser analisado é a densidade dos resíduos.

Se forem leves, adotar o critério de volume é mais indicado. Mas quando se trata de grandes quantidades de concreto demolido, o cálculo precisa ser feito com base no peso. Desse modo se atingem maiores percentuais de destinação de resíduos segundo a norma.

Segundo o Green Building Council Brasil (http://gbcbrasil.org.br/), nosso país já é o 4º com maior número de registros no ranking mundial, contando com a adesão de quase 900 empresas.

Fonte: http://www.construction.blog.br/ferramentas-para-a-construcao/post/32/demolicao_sustentavel_agora_e_pre_requisito_para_certificacao_LEED.php#.WH9JcH3NxCk

 

 

Nova etapa na reforma do prédio do Complexo Humberto Reale

Nova etapa na reforma do prédio do Complexo Humberto Reale

O São Bento deu início ontem às obras para a construção do segundo prédio do Complexo Humberto Reale. O novo

Leia mais
Norma técnica para cálculo de estruturas entra em consulta pública

Norma técnica para cálculo de estruturas entra em consulta pública

Revisão da NBR 6120, que trata sobre ações mínimas a serem consideradas no cálculo de estruturas de edificaç

Leia mais
Inscreva seu projeto para a 10ª edição do Prêmio AsBEA de Arquitetura

Inscreva seu projeto para a 10ª edição do Prêmio AsBEA de Arquitetura

Poderão participar projetos não edificados ou com obras concluídas nos últimos cinco anos. Dividido em 8 categorias, o con

Leia mais