Sorocaba - (15) 3225-3882

Notícias

Saiba quando especificar lajes alveolares

Saiba quando especificar lajes alveolares

Com vazios internos, lajes pré-moldadas se caracterizam pela execução ágil e pelo baixo peso. Entenda tudo sobre esta solução estrutural

 

As lajes alveolares são amplamente aproveitadas no Brasil e na Europa para a construção de shoppings, aeroportos e pontes (foto: Bannafarsai_Stock/ Shutterstock)

 

Montagem ágil, facilidade para vencer grandes vãos e alta capacidade para suportar cargas estão entre os motivos que explicam o interesse crescente pelas lajes alveolares. Produzidas com vazios longitudinais (alvéolos), esses elementos têm como ponto forte a possibilidade de aplicação em diferentes tipos de estruturas, sejam elas pré-moldadas de concreto, moldadas in loco, ou mistas, com componentes de aço.

 

Veja no Portal AECweb tipos e marcas de lajes e painéis alveolares
Veja também fornecedores

 

O QUE SÃO AS LAJES ALVEOLARES?

 

Muito utilizadas na construção de shoppings, aeroportos e pontes, as lajes alveolares são amplamente aproveitadas no Brasil e na Europa. Por aqui, o sistema começou a ser produzido nos anos 1970 e ganhou popularidade a partir da década seguinte.

 

As peças são protendidas em uma única direção e produzidas em pistas contínuas, com largura padrão fixa de 1,20 ou 1,25 cm. Na maior parte das vezes, a fabricação ocorre em uma indústria, em formas fixas ou com equipamentos (extrusão ou moldadoras). Mas também há casos em que as lajes são pré-moldadas no próprio canteiro de obras. Para isso é necessário, contudo, que o volume de produção justifique a implantação de uma pista de produção e que haja espaço disponível.

 

As espessuras das lajes podem variar de 12 cm a 50 cm, em função da sobrecarga de cada projeto. Essa medida pode, ainda, ser complementada com uma capa, usualmente de 5 cm, concretada no local.

 

As lajes são produzidas com concreto de alto desempenho e com aços especiais para protensão. Neste tipo de painel, não há armadura de cisalhamento, o que torna ainda mais importante o controle tecnológico do concreto.

 

MÚLTIPLAS APLICAÇÕES

 

Em geral, as lajes alveolares são adotadas em espessuras de 12 cm a 50 cm para vencer vãos entre 6 m e 16 m. Elas também são recomendadas para projetos que exigem bom comportamento ao fogo.

 

As lajes alveolares são indicadas, principalmente, para quaisquer edificações que contenham múltiplos pavimentos, além de diversas outras utilizações, tais como painéis de fechamento de indústrias e galpões e paredes de contenção
Aquiles Gadelha Ponte

 

“As lajes alveolares são indicadas, principalmente, para quaisquer edificações que contenham múltiplos pavimentos, além de diversas outras utilizações, tais como painéis de fechamento de indústrias e galpões e paredes de contenção”, diz o engenheiro Aquiles Gadelha Ponte, diretor da T&A Pré-fabricados.

 

Nos últimos anos, as lajes alveolares deixaram de ficar restritas a aplicações convencionais, como edificações comerciais e industriais de pequena e média altura, e passaram a ser usadas também em outras de maior altura.

 

“Este tipo de laje adquiriu maior protagonismo diante da necessidade das construtoras de viabilizar prazos reduzidos e ter de lidar com a escassez de mão de obra especializada. Como reflexo desse movimento, edificações multipavimentos, estádios e outras obras especiais também passaram a aplicar esse sistema”, conta a engenheira Íria Lícia Oliva Doniak, presidente executiva da Associação Brasileira da Construção Industrializada do Concreto (Abcic).

 

Além da redução do peso, outras vantagens associadas às lajes alveolares são a elevada produtividade e o controle tecnológico decorrente da industrialização. “Outro ponto de destaque é que essas lajes não necessitam de escoramento e podem ser utilizadas imediatamente após a sua montagem, bastando executar uma solidarização entre as peças, o que chamamos de chaveteamento”, explica Ponte.

 

Podemos acrescentar, ainda, ganhos relacionados à sustentabilidade, uma vez que o uso de pré-fabricado significa menor geração de resíduos e, consequentemente, menor impacto ambiental
Íria Lícia Oliva Doniak

 

“Podemos acrescentar, ainda, ganhos relacionados à sustentabilidade, uma vez que o uso de pré-fabricado significa menor geração de resíduos e, consequentemente, menor impacto ambiental”, acrescenta Doniak. Ela lembra que os alvéolos longitudinais das lajes são responsáveis pela redução do peso final da peça, além de conferir características que melhoram o isolamento acústico e térmico da obra.

 

ASPECTOS DE PROJETO

 

A opção pela laje alveolar requer um estudo de viabilidade que leve em conta as necessidades estruturais de cada projeto, além da logística e do cronograma de obras. Além disso, o projeto deve estar em alinhamento com os requisitos estabelecidos por duas normas técnicas: a ABNT NBR 9062 – Projeto e Execução de estruturas pré-moldadas de concreto, e a ABNT NBR 14.861 – Lajes alveolares pré-moldadas de concreto protendido. Esta última acabou de ser revisada e será republicada ainda em 2019.

 

O projeto deve tomar como base a relação entre a espessura das lajes e os tamanhos de vãos a serem vencidos. De modo geral, quanto maior for o vão, mais espessa deverá ser a laje.

 

Embora seja simples, a montagem das lajes no canteiro não pode prescindir de alguns cuidados. Nos casos em que a laje for receber capeamento de concreto, por exemplo, uma prática recomendada é a proteção dos alvéolos com componentes plásticos. O objetivo é impedir a entrada de concreto nestes locais, evitando perdas e sobrecargas adicionais.

 

Fonte: https://www.aecweb.com.br/cont/m/rev/saiba-quando-especificar-lajes-alveolares_19203_10_1?utm_source=sales_force&utm_medium=email&utm_term=&utm_content=&utm_campaign=boletim_aec_revista_digital

Fachadas pré-fabricadas com painéis de concreto agilizam a obra

Fachadas pré-fabricadas com painéis de concreto agilizam a obra

Sistema industrializado feito com painéis de concreto pré-fabricados também se destaca pela fácil montagem e por permitir

Leia mais

Inscrições abertas para o Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake

28/05/2019 | 08:56 - A segunda edição do prêmio de design promovido pelo Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Leroy Merlin, e

Leia mais

Sondagem SPT exige equipamentos e mão de obra de qualidade

Realizado por meio da cravação de cilindro amostrador no solo, o ensaio é responsável por fornecer as informaç&otil

Leia mais